21/06/11

ENTENDENDO O ESPAÇO GEOGRÁFICO

CONCEITOS: ENTENDENDO O ESPAÇO GEOGRÁFICO 
- Espaço Geográfico 

O espaço geográfico se constrói a partir da relação histórica entre a sociedade e a natureza e que, por isso mesmo, é dinâmico e esta em constante transformação.
É um lugar de reprodução das relações sociais de produção. É nele que ocorre as relações humanas e os processos de transformação ao longo do tempo vivido pelo homem.

A Organização do Espaço Brasileiro Segundo o geógrafo Milton Santos

-Meio Natural: É o sistema da biosfera.

-Meio Técnico: É formado pelas concentrações industriais, campos agrícolas, cidades e infra-estruturas de circulação estabelecidos ao longo da era industrial.

-Meio Técnico-Científico Informacional: Esboçou-se a partir do novo ciclo de inovações conhecido como revolução científica e informacional. Este meio é caracterizado pelo predomínio das finanças e da transferência de capitais e informações por meio de redes de comunicações de alta tecnologia.

Saiba mais:
-Técnicas: São os conhecimentos, os instrumentos e as habilidades empregados intencionalmente a realização de uma finalidade. O cultivo do milho é uma técnica assim como a escrita.
-Tecnologias: São aplicações de conhecimentos científicos à produção de objetos úteis. A siderurgia, as ferrovias, a geração de imagens de televisão, os satélites artificiais são produtos da tecnologia
Espaço é um conjunto indissociável de sistemas de objetos e sistemas de ações, não considerado isoladamente, mas como um quadro único na qual a história se dá. (Milton Santos[1], 1999)

Para entender as transformações espaciais, analisa-se:  Forma- Processo-Estrutura-Função

Caracterização do Brasil em cada período de organização do espaço:

Período natural
Havia um predomínio das atividades humanas mais dependentes da natureza, de forma que a ação humana era menos intensa e transformava o espaço de forma muito lenta. Assim, as populações viviam da caça, pesca, coleta de crustáceos nas áreas litorâneas e de frutos e raízes nas florestas.

Período técnico
Neste período são introduzidas as primeiras atividades em que o homem recorre à máquina para produzir. Nesse sentido, a produção canavieira foi a pioneira, mas foi com as atividades industriais, a partir da década de 1940, que a indústria teve um papel mais importante na economia e na conseqüente organização do espaço brasileiro.

Período técnico-científico-informacional. (globalização)
Esse é o período que vivemos atualmente. Nele a organização do espaço se baseia nas atividades econômicas e financeiras, sendo desenvolvidas a partir de uma relação estreita entre a pesquisa e o desenvolvimento tecnológico. Desse modo, o espaço vem sendo organizado com base nos interessaes das grandes corporações internacionais, modificando o modo de viver, as características dos lugares e impondo nova forma de relação entre a sociedade e a natureza.


* Guerra dos lugares- é o processo que ocorre a partir dos anos 2000, na qual estados e municípios oferecem insenções fiscais, doação de terrenos e outros benefícios para atrair empresas para a região gerando assim uma desconcentração das indústrias na região SE. O local de chegada das indústrias possuem características como: desenvolvimento tecnológico, de transportes, escoamento da produção e desenvolvimento de tecnopólos.
Ex: Mercedez Bens em Juiz de Fora- Minas Gerais

Observação final:

Apesar do incentivo a desconcentração industrial, as regiões que ainda apresentam maior quantidade de indústrias é a região Sudeste (SE).
O Brasil exporta mais, mas não necessariamente está desenvolvendo igualmente entre as regiões. A concentração de renda e de capital nas grandes empresas, estão, em grande parte, nas mãos de estrangeiros e a pouca qualificação da população brasileira para o mercado de trabalho, faz com que os índices de desemprego permaneçam altíssimos, não resolvendo o problema de empobrecimento da população.

Bibliografia: MARTINS, Dadá; BIGOTTO, Francisco; VITIELLO, Márcio. Geografia: Sociedade e Cotidiano 2.: espaço brasileiro, vol.2. 2º edição. São Paulo: Escala EDUCACIONAL, 2010.


[1] SANTOS, Milton. A natureza do espaço: técnica e tempo, razão e emoção. São Paulo. Hucitec. 1999.p.51-52.

Nenhum comentário:

Postar um comentário